testededrogas.com
duvidas
duvidas
duvidas
Nesta página você poderá checar quais as dúvidas mais freqüentes com relação aos nossos serviços e, caso não encontre resposta para sua dúvida você poderá enviá-la para nossa imediata atenção (as respostas serão enviadas para seu e-mail). Caso prefira fazer sua pergunta pelo telefone, sinta-se a vontade para nos ligar no (11) 3129-8843 | (11)-3150-1350 | 0800-777-88-43, ramal 20 segunda a sexta, 9:00h as 17:00h.

frase
A maconha vendida hoje no Brasil é até 10 vezes mais potente do que na década de 70
frase
frase
INDIQUE ESTE SITE
Seu Nome
(preferencialmente completo)
Nome do amigo
e-mail do amigo
frase

frase
ACOMPANHAMENTO DO TESTE
Código ou e-mail do pedido
Para acompanhar o andamento de seu teste, desde o pedido até o resultado, insira o código de seu pedido ou seu e-mail.
Para ver um exemplo da tela de acompanhamento clique aqui
frase


frase

frase


frase

frase


frase

frase
frase
A maconha vendida hoje no Brasil é até 10 vezes mais potente do que na década de 70
frase


Responsabilidade Social
Nossa empresa colabora regularmente no mantenimento das seguintes instituições filantrópicas:

F.A.CE

  1. Tecnicamente como funciona os testes PDT?
  2. Quais entorpecentes são detectáveis pelo teste?
  3. O teste detecta de maneira diferenciada cada uma das drogas?
  4. O que é a avaliação do padrão de consumo?
  5. O que é PDT?
  6. Sou um médico, laboratório ou uma clínica posso estabelecer uma parceria com a Psychemedics Brasil?
  7. Sou uma empresa e gostaria de implementar programas com o uso de testes de drogas. Como devo proceder?
  8. Os testes de drogas no cabelo são aceitos cientificamente?
  9. Posso receber os resultados por telefone?
  10. A psychemedics Brasil recomenta tratamento ou internações a usuários?
  11. O site testededrogas.com é confiável?
  12. Qual o período da janela de detecção do teste?
  13. Quanto rápido o cabelo cresce?
  14. Quanto cabelo é necessário para o teste?
  15. Os testes podem ser efetuados em pessoas com pouco ou sem cabelo?
  16. Podem os pêlos do corpo darem a mesma confiabilidade nos resultados?
  17. Como pode o PDT ser comparado a análises de urina ou sangue?
  18. Qual a menor janela de detecção que o PDT pode ter?
  19. Qualquer um pode coletar amostras de cabelo?
  20. Qual a confiabilidade do PDT?
  21. Qual a sensibilidade do PDT em usuários ocasionais ou de baixas quantidades de drogas?
  22. Qual a possibilidade da amostra ser contaminada por agentes externos?
  23. Qual a possibilidade do contato não-intencional do testado com drogas vir a ocasionar um falso positivo?
  24. Podem tratamentos químicos no cabelo afetar os resultados?
  25. Pode os testes PDT serem afetados por reações cruzadas de drogas lícitas (medicamentos)?
  26. É necessária a confirmação dos resultados positivos?
  27. Quanto tempo leva a análise?
  28. Onde são efetuados os testes?



  1. Tecnicamente como funciona os testes PDT?
    O PDT é baseado no método mundialmente patenteado pela Psychemedics de detecção de entorpecentes em amostras de cabelo, e é, resumidamente, feito da seguinte maneira:
    • Lavagem das amostras as amostras recebidas são submetidas a um processo de lavagem química para descartar a possibilidade de contaminação externa;
    • Liquefação das amostras por digestão enzimática as amostras de cabelo são liquefeitas através de um processo patenteado de digestão enzimática para que se preserve a totalidade das moléculas dos entorpecentes e seus metabolitos;
    • Separação e descarte da melanina a melanina (pigmento que dá cor aos cabelos) é separada e descartada para que somente a queratina seja testada; Isso é importante para que o fator racial ( cor do cabelo) não interfira na sensibilidade na análise;
    • Tratamento com anticorpos específicos para cada metabolito ou droga Dessa maneira aumentamos a sensibilidade de nossos exames em até 10 vezes;
    • Pesquisa inicial por radioimunoensaio Pesquisamos inicialmente a presença de traços de drogas por radioimunoensaio ultra sensível;
    • Confirmação por CG/MS caso seja constatada a presença de metabolitos ou drogas fazemos novamente todo o processo acima descrito mas confirmamos e quantificamos por Gás Cromatografia Espectral (CG) e Espectrometria de Massa (MS).
    Nenhum outro laboratório no mundo é tão apurado e criterioso tecnicamente, prova disso é que somos o único laboratório no mundo com aprovação do rigorosíssimo FDA para testes de cabelo.
  2. Quais entorpecentes são detectáveis pelo teste?
    O PDT detecta de uma só vez as 12 principais drogas em uso no mundo e todos seus derivados:
    • Cocaína e derivados (crack, merla, etc...),
    • Maconha e derivados (skunk, haxixe, etc..),
    • Anfetaminas,
    • Metanfetaminas ( ice, speed, etc..),
    • MDMA (ecstasy),
    • MDA (ecstasy),
    • MDE (happy ou super ecstasy),
    • Heroína,
    • Morfina,
    • Codeína,
    • Oxicodine (heroína sintética),
    • PCP
    Esta lista está em constante atualização sem custos adicionais.
  3. O teste detecta de maneira diferenciada cada uma das drogas?
    Sim. Dizemos precisamente que drogas foram consumidas e qual o padrão de uso da droga.
  4. O que é a avaliação do padrão de consumo?
    Nas amostras de cabelo as partículas de drogas são depositadas em quantidades proporcionais as consumidas. Isso possibilita que possamos comparar as quantidades encontradas nas amostras positivadas e classificar estatisticamente o padrão de consumo.
    Esta característica é bastante conveniente, uma vez que podemos distinguir um consumidor pesado de um leve.
    Nosso software de controla a emissão de nossos laudos faz esta classificação de maneira automática.
    Lembramos que apesar de ser relativamente segura esta classificação é ilustrativa pois fatores individuais de cada um podem influenciar estas classificações.
  5. O que é o PDT?
    O PDT é a sigla para Personal Drug Test, e é um teste de consumo de drogas baseado em amostras de cabelo ou pêlos com larga janela de detecção e avaliação do padrão de consumo.
    O PDT é muito superior a outros tipos de testes, pois detecta realmente se o testado é ou não um usuário e que tipo de consumo de determinada droga é feito.
    Quando é comprado um PDT é enviado um kit de coleta juntamente com informações para realização da coleta das amostras de cabelos ou pêlos.
    O material deve ser coletado pelos interessados e enviados para nosso escritório, em São Paulo, via correio os Sedex. Em no máximo uma semana enviaremos os resultados
    Lembramos que o PDT é realizado em laboratório específico e não é um simples kit de reagentes.
  6. Sou um médico, laboratório ou uma clínica posso estabelecer uma parceria com a Psychemedics Brasil?
    Sim, estamos buscando parcerias corporativas. Nesse caso, por favor, entre em contato com a Psychemedics Brasil através de nosso site www.psychemedics.com.br.
  7. Sou uma empresa e gostaria de implementar programas com o uso de testes de drogas. Como devo proceder?
    Este site dedica-se exclusivamente a testes de drogas familiares. Por favor entre em contato com a Psychemedics Brasil, através de nosso site www.psychemedics.com.br , teremos prazer em atendê-los pois somos os líderes mundiais em programas de drogas corporativos.
  8. Os testes de drogas no cabelo são aceitos cientificamente?
    Sim, totalmente. A tecnologia da Psychemedics é reconhecida pelo FDA e completamente reconhecida até como prova jurídica, inclusive no Brasil. Maiores informações sobre nosso embasamento técnico podem ser vistas em nosso site.
  9. Posso receber os resultados por telefone?
    Não passamos resultados via telefone. Somente enviamos por correio e/ou email.
  10. A Psychemedics Brasil recomenda tratamentos ou internações a usuários?
    Nossa empresa dedica-se exclusivamente ao diagnóstico. Profissionais competentes e grupos de apoio devem ser procurados para dar suporte e ajuda para os usuários. Acreditamos, porém, que a internação deve ser o último recurso, após esgotados todos os demais, inclusive uma abstinência monitorada através de testes como o nosso.

  11. O site testededrogas é confiável?
    Nosso site www.testededrogas.com é operado pela Psychemedics Brasil, braço brasileiro da maior empresa de toxicologia do mundo, a Psychemedics Corporation. Temos mais de 5 anos de atividades no Brasil e clientes como a Shell Brasil, Varig, Serab, etc...
    Nosso mecanismo de compras é criptografado e autenticado pela EuroSign Certificadora Digital que é uma das líderes em certificação digital e garante o sigilo tanto da compra como das perguntas em nosso site.
    Também estamos a disposição para elucidar quaisquer dúvidas no tel. (11) 3129-8843 | (11)-3150-1350 | 0800-777-88-43.
  12. Qual o período da janela de detecção do teste?
    PDT detecta o consumo de entorpecentes nos últimos 90 dias, em média. A amostra de cabelo é cortada o mais próximo possível do couro cabeludo e é analisada nos últimos 3,9 cm. Amostras menores de cabelo poderão ter janelas menores. Amostras de pêlos podem ter janelas maiores (até 180 dias).
  13. Quanto rápido o cabelo cresce?
    Vários estudos provam que o cabelo cresce aproximadamente 1,3 cm por mês. Este crescimento pode variar (cerca de +/- 0,2 cm por mês), conseqüentemente os mesmos 3,9 cm de cabelo analisáveis poderão representar períodos de tempo ligeiramente variáveis (aproximadamente entre 80 e 100 dias).
  14. Quanto cabelo é necessário para o teste?
    O teste completo com confirmação e sobra para futuras novas análises da mesma amostra requer um chumaço de cabelo cosmeticamente indetectável, conforme ilustrado em nosso manual de coleta.
  15. Os testes podem ser efetuados em pessoas com pouco ou sem cabelo?
    Sim, o cabelo pode ser coletado de diversas partes da cabeça para se obter a quantidade mínima requerida para a análise. Porém é interessante que os fios da amostra tenham aproximadamente 3,9 cm para máxima janela de detecção. Por outro lado podem ser utilizados fios de barba/bigode ou pêlos do corpo.
  16. Podem os pêlos do corpo darem a mesma confiabilidade nos resultados?
    Pêlos do corpo podem ser usados com absoluta segurança no testes porém as taxas de crescimento dos pêlos são mais variáveis e lentas do que a do cabelo, conseqüentemente é mais difícil a determinação da exata janela de detecção nas amostras de pêlos, mas na grande maioria dos casos ela é ainda maior do que a do cabelo (maior que 120 dias).
    Como a janela de detecção pode variar é recomendável atenção no uso de pelôs quando a precisão da janela for importante (testes para verificação de abstinência recente, por exemplo).
  17. Como pode o PDT ser comparado a análises de urina ou sangue?
    A diferença básica entre o RIAH e os testes baseados em análise de urina ou sangue é a janela de detecção. Cocaína, metanfetaminas, opiáceos e PCP são facilmente excretados e usualmente indetectáveis a partir de 48 horas nos testes baseados em urina ou sangue; A janela de detecção do PDT é de aproximadamente 90 dias. Outra grande vantagem é que nosso exame analisa, com bom grau de precisão o padrão de consumo da droga, indo de levíssimo a pesadíssimo. Outras vantagens:
    - A possibilidade de coleta fora de ambiente hospitalar ou laboratorial,
    - A não necessidade de cuidados para conservação das amostras (facilitando a logística),
    - Total impossibilidade de fraude (existem diversos produtos como diuréticos e outros especialmente desenvolvidos que ?impam as amostras de urina ou sangue quando usados algumas horas antes do teste;
    Em suma nosso exame verifica realmente se o testado é ou não é consumidor de drogas e se for qual o padrão de consumo enquanto os outros exames apenas verificam se houve consumo nas últimas 48 horas sem diferenciar um usuário pesado de um leve.
  18. Qual a menor janela de detecção que o PDT pode ter?
    Em pouquíssimas situações como amostras mal coletadas, a janela de detecção poderá ser de aproximadamente 60 dias. Não há a possibilidade de determinar-se se as drogas foram consumidas em um dia ou semana em particular.
  19. Qualquer um pode coletar amostras de cabelo?
    O processo de coleta de amostras é muito simples, podendo ser feita por qualquer um. Leiam nosso manual de coleta e em caso de dúvidas não hesitem em nos ligar.
  20. Qual a confiabilidade do PDT?
    Nosso exame é, sem a menor sombra de dúvida, o mais confiável disponível mundialmente. Nossa empresa é a maior e mais renomada empresa de testes de drogas do mundo.
    Apregoamos que a confiabilidade de um teste de drogas está na capacidade deste exame detectar o uso de drogas em um indivíduo. A combinação de nossa ampla janela de detecção com nossa exclusiva avaliação do consumo faz nosso exame extremamente confiável
    Exames de urina se dizem confiáveis e com taxas próximas a 100% de detecção. Isso não corresponde inteiramente com a verdade pois a curta janela de detecção faz com que estes exames não detectem o consumo recente e não identifique corretamente o usuário. Para melhor ilustrar sugerimos que vejam os gráficos comparativos de exames de urina e cabelo.
  21. Qual a sensibilidade do PDT em usuários ocasionais ou de baixas quantidades de drogas?
    Isso depende de alguns fatores entre eles:
    • Qualidade da droga,
    • Quantidade consumida,
    • Metabolismo individual.
    Mas de modo geral teremos um positivo quando forem consumidas, dentro dos 3 meses as seguintes quantidades:
    • Cocaína Þ 150mg (equivalente a duas ?arreiras típicas cerca de 1/5 do consumido habitualmente em uma sessão de uso).
    • Maconha Þ 2g (equivalente a 2 cigarros típicos).
    • Opiáceos Þ 500mg (equivalente a uma dose).
    • Anfetaminas Þ 1g (equivalente à 2 doses).
    • Ecstasy Þ 500mg (equivalente a 1 comprimido).
    • PCP Þ 100mg (equivalente a uma dose).
    Nossa sensibilidade é maior do que as dos exames de urina.
  22. Qual a possibilidade da amostra ser contaminada por agentes externos?
    A amostra de cabelo é completamente limpa de quaisquer agentes externos e quimicamente tratada antes dos testes; Somente drogas que entraram na corrente sangüínea do testado são identificadas.
  23. Qual a possibilidade do contato não-intencional do testado com drogas vir a ocasionar um falso positivo?
    A perfeita limpeza das amostras de quaisquer agentes externos, seguida da Radioimunoanalise de anticorpos, consiste em um método bastante seguro para a detecção dos metabólicos dos entorpecentes nos fios de cabelo. Porém a preocupação com a possibilidade de falsos positivos levou a Psychemedics a adotar a Gás Cromatografia Espectral (CG) e Espectrometria de Massa (MS) para a confirmação e quantificação dos seus resultados. Estes procedimentos impossibilitam que pessoas que tenham contato ocasional involuntário com drogas (como estar presente em um ambiente com fumaça de maconha, ou manipular cocaína sem no entanto ingeri-la) venham a ser erroneamente considerados usuários de drogas.
  24. Podem tratamentos químicos no cabelo afetar os resultados?
    Produtos usados no cabelo como: shampus, condicionadores, sprays, gel fixador de cabelo, etc..., ou processos de alisamento, permanentes etc..., não tem nenhum efeito sobre a sensibilidade do teste nem precisam ser informados;
  25. Pode os testes PDT serem afetados por reações cruzadas de drogas lícitas (medicamentos)?
    Uma quantidade ínfima dos entorpecentes e seus metabólicos é necessária para desencadear o processo de análise quantitativa. Os laboratórios da Psychemedics estão habilitados para distinguir e medir os metabólicos dos psicotrópicos, caso a quantidade consumida de uma vez seja igual ou superior ao mínimo necessário para provocar efeitos psicotrópicos a amostra é considerada positiva. Todas as amostras são tratadas quimicamente e sofrem a perda da melanina para impossibilitar interferências nos resultados dos testes.
  26. É necessária a confirmação dos resultados positivos?
    Não, a Psychemedics já faz uma nova análise de confirmação em todos os resultados positivos; O processo de coleta das amostras e envelopagem é lacrado e é feita na presença do testado, a identificação das amostras é totalmente informatizada e segura, o que torna virtualmente impossível a troca de amostras. De qualquer maneira, em casos excepcionais, uma nova amostra pode ser colhida e o DNA comparado com a amostra anteriormente analisada para confirmação. Amostras negativas ficam guardadas por 18 meses. Amostras positivas ficam estocadas por 5 anos.
  27. Quanto tempo leva a análise?
    A partir do recebimento das amostras em nosso escritório em São Paulo, os laudos levam, em média, 12 dias corridos para serem entregues em qualquer parte do território nacional.
  28. Onde são efetuados os testes?
    Os testes são efetuados nos laboratórios centrais da Psychemedics Corporation na Califórnia EUA. Os exames de cabelo ou pêlos são muito específicos e somente dois laboratórios no mundo estão preparados para fazê-los em escala comercial. Duas vezes por semana enviamos para Califórnia, via Fedex especial, as amostras de nossos clientes particulares e corporativos. A análise é realizada imediatamente e em 48 horas são enviadas para nosso escritório que emite o laudo e o remete para nossos clientes.





rodape