testededrogas.com
historias
historias
historias
Acreditamos que a publicação de histórias reais, brasileiras, podem ser muito elucidativas na decisão de se utilizar o PDT90 (Personal Drug Test 90 days). Por isso, em nosso compromisso com a verdade, disponibilizamos a todos nossos clientes uma senha para que eles possam publicar automaticamente suas experiências e impressões a respeito de sua história e de nossos serviços em nosso site.

frase
O uso freqüente de maconha pode levar a síndrome amotivacional que por sua vez leva a séria diminuição do desempenho escolar
frase
frase
INDIQUE ESTE SITE
Seu Nome
(preferencialmente completo)
Nome do amigo
e-mail do amigo
frase

frase
ACOMPANHAMENTO DO TESTE
Código ou e-mail do pedido
Para acompanhar o andamento de seu teste, desde o pedido até o resultado, insira o código de seu pedido ou seu e-mail.
Para ver um exemplo da tela de acompanhamento clique aqui
frase


frase

frase


frase

frase


frase

frase
frase
O uso freqüente de maconha pode levar a síndrome amotivacional que por sua vez leva a séria diminuição do desempenho escolar
frase


Responsabilidade Social
Nossa empresa colabora regularmente no mantenimento das seguintes instituições filantrópicas:

F.A.CE

Decidi contar a história de minha família para que sirva de exemplo aqueles que acham que podem conseguir conviver com as drogas sem nenhum prejuízo.

Eu já me envolvi com drogas há anos. Experimentei cocaína, maconha e ácido quando eu tinha saído da adolescência e entrava em minha vida adulta. Passei uns 4 anos nessa vida que me custou namorada, alguns semestres de minha faculdade e muito dinheiro; Mas passou. Achei que as drogas haviam saído definitivamente de minha existência. E fazem uns 10 anos que não uso nada, a não ser cigarros (diários) e algum álcool.

Meu irmão mais novo começou a tornar-se estranho, mudado, apático, sem vida há uns 2 anos. Em uma conversa sincera, de irmãos (os pais nunca tem essa intimidade. Não tem jeito.) ele me confessou que estava usando maconha e ás vezes em algumas festas estasy. Garantiu que era só as vezes e que meus pais estavam totalmente neuróticos e, em suas palavras, gagás.

Um dia, em uma festa familiar, meu irmão chegou diretamente de suas baladinhas e pude ver sua tentativa de disfarçar seu estado deplorável pior do que eu havia passado.

Chamei-o para uma conversa que foi em vão. Meu irmão exalava um cheiro a álcool misturado com cigarro e tinha os olhos estranhos.

Sua vida estava completamente desregrada. Meus pais, já idosos não tinham a mesma vigilância que tiveram comigo e com minha irmã e acho que de alguma maneira estavam cansados, contado com mina ajuda. Li sobre um teste com cabelo na revista Veja e encontrei o site.

Colhi amostras de seu cabelo facilmente, durante uma de suas noites de sono enbriagado, e o resultado que demorou um pouco não foi surpresa. Meu irmão era um usuário freqüente de drogas. Aí minha conversa com ele mudou. Não posso deixar simplesmente que isso ocorra diante de mim sem fazer nada. Ele foi morar com minha irmã, em Santos. Passou a freqüentar um grupo de ajuda espiritual, freqüentar um psicólogo.... e acho que melhorou. Para dizer a verdade acho que foi mais fácil do que esperava.

Mês passado fizemos novo teste após 9 meses de sua nova vida e o resultado veio negativo. Comemoramos junto com ele sua nova fase nessa vida. No final ele perdeu amigos, tempo mais está, quero crer, em uma nova fase de sua vida.

Foi importante a ajuda espiritual sem a qual não é possível evoluir. Mas acho que o mais importante foi a consciência de que o problema é muito sério. As drogas destroem vidas quando não encaradas de frente. E o tempo é importante.






testededrogas.com.br - Psychemedics Brasil - Fone: 3003-1166 (sem o DDD, número nacional)